19 de mai de 2009

Minha varinha mágica


s estórias de fada sempre me encantaram, quando criança gostava de pensar que quando eu crescesse seria uma também. Sim essa seria minha profissão: ser fada!... Quer saber? Vou contar um segredo! Me sinto fada de vez em quando! Sério! Não é brincadeira, tenho uma varinha de condão que eu mesma fiz (sim eu sei fazer varinhas de condão)! Vou contar como foi que eu fiz a minha, daí você pode fazer a sua também.

Bom, primeiro você precisa ter tido experiências marcantes na sua vida e aprender com elas (isso é MUITO importante), daí em cada experiência você pega um pouco de conhecimento, de fé, otimismo, muita vontade de lutar e sensibilidade de perceber pequenos detalhes. Daí você junta dentro de uma meia bem colorida e quando quiser realizar algum sonho calça a meia! Depois é só acreditar que vai conseguir e correr atrás de realizar o sonho, pois tem uma coisa que aprendi (e demorei para isso), os sonhos não chegam na gente sozinhos, temos que lutar por eles, aí é que entra todos aqueles ingredientes que falei acima. Bom, é verdade que às vezes não acontece, mas mesmo assim, a varinha nos fornece outro sonho melhor, que nem sabíamos que precisávamos dele.

A verdadeira meia de condão de Ana!

Quando criança queria aprender a voar e realizar sonhos
Desejei ter nascido fada
Com asas longas e varinha de condão
Daí eu cresci
E hoje acredito que sou fada
Pois percebi que posso voar
Voar alto
Voar longe
E posso até realizar meus sonhos
Minha varinha mágica?
A fé e a força


Ana Maria de Abreu Siqueira, 31 anos, Engenheira de Alimentos.
Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos. Doutoranda em Biotecnologia.

Blog da Ana

9 comentários:

  1. Ta então me fala como :D

    ResponderExcluir
  2. ENTÃO ME FALA COMO BJS :D

    ResponderExcluir
  3. ENTÃO ME EXPLICA COMO BJS :D

    ResponderExcluir
  4. ENTÃO ME EXPLICA COM BJS :D

    ResponderExcluir
  5. ME EXPLICA COMO BJS:D

    ResponderExcluir