18 de mai de 2009

No meu Jardim...


empre morei na mesma casa, que está sempre mudando e reformando. Ela já foi de várias formas, no início era um barracão e depois virou um casão, também pudera, sou a quarta filha numa "escadinha" de cinco. Quando éramos crianças havia um jardim grande e gramado e tinha balanço, escorregador e alguns cogumelos. Eu e minha irmã caçula jurávamos que nestes cogumelos havia de verdade alguns "smurfs" e olha que nem gostávamos tanto assim do desenho. Mesmo assim ficávamos às vezes horas sentadas no jardim vigiando pra ver se víamos os "smurfs", e nada. Logo pensávamos que os passarinhos tinham avisado e eles se escondiam, porque não podiam ser vistos por nós, porque para eles éramos os gigantes que faziam ruindade, que iríamos destruí-los. Desse modo começamos a pensar em uma maneira de mostrar para os "smurfs" que éramos do bem, e então enfeitávamos a grama colocando flores e balas e nada. Chegamos à conclusão de que eles estavam achando que era uma "armadilha", resolvemos então pedir ajuda para os passarinhos e como também nada acontecia, começamos a achar que os passarinhos faziam fofoca por ciúmes, não querendo dividir a amizade dos "smurfs".

Com o tempo fomos nos desapegando dessa história e embarcando em outras tantas, como a cigarra seca ou a "bruxa" do colégio Batista Mineiro (BH), ou que Carapebus (Praia no E.S) ficava atrás de uns pinheiros que víamos da vista da cozinha, ou não ir no minhocão do parque para não acontecer conosco como no desenho "Caverna do Dragão", ou o desejo de encontrar um "Cavalo de Fogo" que levaria a gente para visitar outros mundos e sempre voltar, ou que as formas das nuvens em objetos, pessoas, animais, e tal, eram feitas pelos ursinhos carinhosos...
UFA! que "tempo bom!"....


Milena Mendes, 28 anos, Designer Gráfica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário